Como o google pode fazer atividades de completar ficarem mais interessantes

(Click here for English)

A coisa que alunos geralmente mais detestam, depois, claro, das atividades de repetir, são atividades de completar. Eu acredito que seja porque existe uma expectativa de que as aulas são um momento de "falar inglês", e exercícios assim são menos comunicativos, apesar de não menos importantes já que através de exercícios de completar que o aluno tem a oportunidade de aprender padrões linguísticos, termos que normalmente aparecem juntos. Isso é extremamente relevante, já que a informação é transmitida em chunks (i.e. combinações) e não em palavras soltas. 

Uma boa maneira de fazer esse tipo de atividade ficar mais comunicativo e próximo a realidade é tirar as frases que serão parte do exercício de completar de sites da internet. Afinal, nada melhor do que textos de verdade para que o aluno veja que aquelas frases fazem sentido, e em que contexto alguém escreveria aquilo. Com sites, isso pode ser mostrado claramente, inclusive com recursos visuais.

Veja um exemplo prático:

Um aluna minha adulta nível A2 (básico) misturava very, many, much, very much, a lot e a lot of. Aliás, ela não misturava, mas sim usava somente o termo 'very', ao qual foi exposta antes dos demais (acredito que numa aula em que aprendeu o chunk "thank you very much"). Como a primeira língua dela é o português, todas essas palavras equivalem a uma só: muito. Assim, esses termos todos são como uma sopa de letrinhas e entender que existem tantos correspondentes para algo que se resume a uma palavra na nossa língua materno leva tempo, demanda muito carinho do profs e exige exposição a padrões. Para trabalhar a questão eu fiz o seguinte:

1. criei uma atividade de completar com frases contendo os termos very, many, much, very much, a lot e a lot of oriundas de vários sites. Você pode fazer isso escrevendo o termo no google mesmo e colocando entre aspas. Os resultados que eu escolhi variaram de notícias de jornal, a blog, a sites de compras, a memes: coisas que a gente lê o tempo inteiro na net hoje em dia. 

2. Copiei e colei as frases numa planilha do google documents, e modifiquei a fonte para fazer a atividade ter menos cara de exercício chato-affs-vamo-fazer-conversation-logo. Eu adoro as fontes amatic, pacific e caveat do google docs, pelo simples fato de que elas são bonitinhas e não são muito comuns.

3. criei um hyperlink com cada site e coloquei no exercício. Assim, na hora de conferir se acertou ou errou, ela não teve apenas uma answer sheet, mas uma oportunidade de exercitar a leitura fuçando na net também.

4. Na hora de corrigir, demos uma olhada básica nos sites, o que fez o processo de esclarecimento bem mais fácil de contextualizar para mim e muito mais visual para ela.

Não fiz apresentação de powerpoint, não imprimi páginas de livro e nem inventei frases soltas. O resultado é este (e eu já usei com mais 3 outros alunos).

Have fun!